TETO - Arquitetura Sustentável

PORTARIA CONDOMÍNIO JARDINS

Voltar para Portfólio

Autoria do Projeto: Paulo Trigo

Colaboração:  Thais Tesch

 

NOVA PORTARIA DA AAJ – Jardins Monte Carlo, Boa Vista da Graminha e Colonial – Limeira | SP

CONCEITO DE PROJETO

Diferentemente do que vemos atualmente nos projetos de novas portarias para Células Residenciais, em que há um esforço para criar uma grande e dispendiosa estrutura para caracterizar um “Condomínio Fechado” com a intenção de valorizar os lotes e chamar a atenção de novos compradores, o desenho da nova portaria da Associação dos Amigos dos Jardins foi concebido de acordo com as características mais evidentes dos bairros: a aproximação com a natureza, forte presença de vegetação, uso de materiais naturais e discrição. O sítio onde será implantada a portaria é uma baixada, portanto, a parte mais visível da edificação seria sua cobertura. Deste modo, foi criada uma cobertura verde, ajardinada, sobre a portaria. Com isso, moradores e visitantes ao chegarem ao controle de acesso terão como vista, em vez de um telhado, um belo jardim. Fazendo alusão ao próprio nome da Associação de moradores. Mais que do que estética, esta escolha também é fundamentada em sua característica ambiental, de qualidade térmica. Este tipo de cobertura oferece grande inércia térmica, proporcionando maior conforto àqueles que ali trabalham, diminuindo o uso de condicionadores de ar. Soma-se a isto o fato de a edificação ser elevada do solo, favorecendo a circulação de ar, bem como se protegendo do risco de inundações, visto que a área é uma baixada, zona alagável do córrego que por ali passa.

As paredes serão erguidas com tijolos de solo-cimento, auto-portantes, um material ecológico, que dispensa estruturas, reboco e pintura, e que proporciona um toque natural ao acabamento, mais uma vez remetendo à grande quantidade de casas avarandadas com tijolinhos à vista.

A organização da planta é simples e funcional: acesso por ambos os lados, uma copa, um lavabo e a área de vigilância com as janelas projetadas para fora do alinhamento das paredes, proporcionando um campo de visão maior, bem como criando, com a própria laje que estrutura os caixilhos, uma bancada de trabalho sem tomar espaço interno para tal.

Acesso

Vista de dentro do bairro

Acesso

© TETO - Arquitetura Sustentável | Home - Quem Somos - Portfólio - Serviços - Blog - Green News - Contato